Acupuntura cura doenças

A medicina oriental ensina que, no tratamento de doenças, focar apenas nos sintomas não leva à resolução dos problemas. Mesmo que o paciente apresente melhora, os resultados positivos alcançados não costumam ser duradouros quando as causas não são atacadas.

É por isso que na prática clínica da acupuntura é muito comum os pacientes se queixarem de vários sintomas ocorrendo simultaneamente. Os pacientes que chegam aos consultórios de acupuntura costumam reclamar de dor de cabeça, tonturas, insônia, irregularidades menstruais, constipação, dores lombares e nas pernas, peso e cansaço nas pernas, dentre outros problemas.

A função do acupunturista é identificar as possíveis raízes dos problemas. Ou seja, a acupuntura ataca as causas das doenças, não apenas os sintomas. O profissional de acupuntura busca por uma série de causas comuns a várias doenças, como estagnação do sangue no abdômen, na cabeça ou na artéria vertebral, desequilíbrios do sistema imunológico, hormonal, do sistema nervoso autônomo, alterações na pressão arterial e cardíaca, intoxicação sistêmica do organismo, distúrbios dos tecidos conjuntivos, estruturais e vasculares, dentre muitas outras.

Para chegar às causas dos incômodos, o acupunturista faz uma análise criteriosa do histórico médico do paciente e das suas queixas. Ele também procede com uma avaliação palpatória para identificar as raízes dos problemas e os procedimentos necessários para regularizar as condições de base e os tratamentos sintomáticos.

É devido a estes procedimentos que os pacientes de acupuntura passam a apresentar melhoras em vários aspectos da saúde.

É comum ver pacientes que antes se queixavam de dores de cabeça passarem a perceber melhoras na digestão, na qualidade de sono, no ciclo menstrual e até na pressão arterial.

 

Sensei Nagao atende na Vila São Francisco, somente com hora marcada.
R. Pe. Francisco Libermann, 262
Tel. (11) 3766 8523
Mais informações acesse: https://www.facebook.com/Nagaos

Esta entrada foi publicada em Acupuntura e marcada com a tag , , . Adicione o link permanente aos seus favoritos.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *